Ateísmo marxista-leninista

http://pt.dbpedia.org/resource/Ateísmo_marxista-leninista

O ateísmo marxista-leninista (em russo: Марксистско-ленинский атеизм) é uma parte da ampla filosofia marxista-leninista (o tipo de filosofia de Marx encontrada na União Soviética), que rejeita a religião e depende de um entendimento materialista da Natureza. O marxista-leninista defende que a religião é o ópio do povo, no sentido de que ele leva as pessoas a aceitar o sofrimento na Terra, na esperança da recompensa eterna, e por isso que o marxista-leninista promove o ateísmo e defende que a religião deve ser abolida. O ateísmo marxista-leninista tem suas raízes na filosofia de Ludwig Feuerbach, Georg Wilhelm Friedrich Hegel, Karl Marx e Lenin.
Ateísmo marxista-leninista 
O ateísmo marxista-leninista (em russo: Марксистско-ленинский атеизм) é uma parte da ampla filosofia marxista-leninista (o tipo de filosofia de Marx encontrada na União Soviética), que rejeita a religião e depende de um entendimento materialista da Natureza. O marxista-leninista defende que a religião é o ópio do povo, no sentido de que ele leva as pessoas a aceitar o sofrimento na Terra, na esperança da recompensa eterna, e por isso que o marxista-leninista promove o ateísmo e defende que a religião deve ser abolida. O ateísmo marxista-leninista tem suas raízes na filosofia de Ludwig Feuerbach, Georg Wilhelm Friedrich Hegel, Karl Marx e Lenin. O ateísmo marxista-leninista não é universalmente aceito por todos os marxistas e alguns marxistas não soviéticos apontam diversas desvantagens desta postura anti-religiosa. 
xsd:nonNegativeInteger 77 
xsd:integer 3867880 
xsd:nonNegativeInteger 32237 
xsd:integer 42391475 

data from the linked data cloud