As Bacantes

http://pt.dbpedia.org/resource/As_Bacantes

As Bacantes (em grego antigo: Βάκχαι, transl.: Bakchai), ou As Mênades, é uma tragédia grega de autoria do dramaturgo Eurípedes, de Salamina, mas que passou a maior parte de sua vida em Atenas. Estreou postumamente no Teatro de Dioniso em 405 a.C., como parte de uma tetralogia que também incluía a peça Ifigênia em Áulis, e que provavelmente foi dirigida pelo filho ou sobrinho do próprio Eurípedes. A obra obteve o primeiro lugar na competição teatral realizada durante o festival da Grande Dionísia.
As Bacantes 
Death Pentheus Louvre G445.jpg 
Penteu sendo dilacerado por Agave e Ino, vaso ático. 
As Bacantes 
Βάκχαι 
xsd:integer 405 
Servo 
Mensageiro 
Segundo mensageiro 
Bacantes, seguidoras de Dioniso 
As Bacantes (em grego antigo: Βάκχαι, transl.: Bakchai), ou As Mênades, é uma tragédia grega de autoria do dramaturgo Eurípedes, de Salamina, mas que passou a maior parte de sua vida em Atenas. Estreou postumamente no Teatro de Dioniso em 405 a.C., como parte de uma tetralogia que também incluía a peça Ifigênia em Áulis, e que provavelmente foi dirigida pelo filho ou sobrinho do próprio Eurípedes. A obra obteve o primeiro lugar na competição teatral realizada durante o festival da Grande Dionísia. A tragédia é baseada na história mitológica do rei Penteu, de Tebas, e de sua mãe, Agave, e da punição dos dois pelo deus Dioniso, primo de Penteu, por sua recusa em venerá-lo e pelo injusto descrédito em que pairava o nome de sua mãe, Sêmele. 
xsd:nonNegativeInteger 98 
xsd:integer 2036417 
xsd:nonNegativeInteger 9714 
xsd:integer 43468169 

data from the linked data cloud