Armas Reais da Inglaterra

http://pt.dbpedia.org/resource/Armas_Reais_da_Inglaterra

Em heráldica, as Armas Reais da Inglaterra são um brasão adotado pela primeira vez como as armas pessoais dos reis da Casa de Plantageneta no final do século XII. Eles continuam a simbolizar a Inglaterra na mente popular (apesar de historiacamente nações nunca portarem armas, apenas pessoas) e seus monarcas. Seu escudo é: goles, três leões passant guardant or em pala, armados e linguados azure; isso significa três leões dourados idênticos (também conhecidos como leopardos) com línguas e garras azuis, andando e encarando o observador e arranjados em uma coluna contra um fundo vermelho. Esse brasão criado na Idade Média foi combinado com os da França, Escócia, Irlanda, Nassau e Hanôver de acordo com as mudanças políticas e dinásticas que a Inglaterra passou através dos séculos, porém o brasã
Armas Reais da Inglaterra 
xsd:integer 1834  1859  1971  1978  1981  1982  1993  1998  2001  2002  2008  2009 
Idade Média 
Gwynn-Jones, Peter 
Geddes & Grosset 
Heraldry Today 
Graduate Center for Medieval Studies, University of Reading 
Adegi Graphics LLC 
Frederick Warne LTD. 
General Books LLC 
Greenwich Editions 
J. W. Parker 
Pilgrim Press Ltd 
Pitkin Guides 
READ 
Virtue 
xsd:integer
Goles, três leões passant guardant or em pala, armados e linguados azure 
Royal Arms of England .svg 
xsd:integer
xsd:integer
xsd:integer 978 
xsd:integer 548124469 
xsd:integer 1402162324 
xsd:integer 1432626671 
xsd:integer 170 
Dieu et mon droit 
Londres 
Derby 
Reading 
David 
Charles 
John 
Adrian 
Thomas 
Geoffrey 
Andrew Stewart 
Armas Reais da Inglaterra 
Arthur Charles 
D. Croal 
George Payne Rainsford 
harv 
James 
Ross 
Thomson 
Briggs 
Jamieson 
Ailes 
Boutell 
Brooke-Little 
Fox-Davies 
Keightley 
Paston-Bedingfield, Henry 
Vários 
A Complete Guide to Heraldry 
Boutell's Heraldry 
Chronology of Scottish History 
Coats of Arms 
Heraldry 
Royal Heraldry. Beasts and Badges of Britain 
The Art Journal London 
The History of Chivalry 
The Origins of The Royal Arms of England 
Civic and Corporate Heraldry: A Dictionary of Impersonal Arms of England, Wales and N. Ireland 
Fifty Years of Art, 1849–1899: Being Articles and Illustrations Selected from 'The Art Journal' 
The Crusaders; Or, Scenes, Events, and Characters, from the Times of the Crusades 
Esquatrelada com o atual real brasão de armas; um símbolo nacional da Inglaterra com as cores alteradas 
xsd:integer
xsd:integer 240 
Em heráldica, as Armas Reais da Inglaterra são um brasão adotado pela primeira vez como as armas pessoais dos reis da Casa de Plantageneta no final do século XII. Eles continuam a simbolizar a Inglaterra na mente popular (apesar de historiacamente nações nunca portarem armas, apenas pessoas) e seus monarcas. Seu escudo é: goles, três leões passant guardant or em pala, armados e linguados azure; isso significa três leões dourados idênticos (também conhecidos como leopardos) com línguas e garras azuis, andando e encarando o observador e arranjados em uma coluna contra um fundo vermelho. Esse brasão criado na Idade Média foi combinado com os da França, Escócia, Irlanda, Nassau e Hanôver de acordo com as mudanças políticas e dinásticas que a Inglaterra passou através dos séculos, porém o brasão em si não sofreu alterações desde o reinado do rei Ricardo I no final do século XII. Emblemas reais representando leões foram usados pela primeira vez pela Dinastia Normanda, com um sistema mais formal e consistente surgindo no século XII para a heráldica inglesa. O escudo dos três leões é traçado até o Grande Selo do Reino do rei Ricardo I, que inicialmente usava um único leão rampant, ou até mesmo dois leões, porém foi permanentemente alterado em 1198 para mostrar três leões passant. O rei Eduardo III reivindicou o trono francês em 1340 e representou sua pretensão esquatrelando as armas reais da Inglaterra com as da França. Esse esquatrelamento foi ajustado, abandonado e restaurado intermitentemente durante a Idade Média a medida que a relação estre os dois países foi mudando. Após a União das Coroas em 1603, quando a Inglaterra e a Escócia entreram em união pessoal sob o rei Jaime VI & I, os brasões dos dois reinos foram combinados naquilo que acabou se tornando o real brasão de armas do Reino Unido. Ele aparece de forma similar para representar a Inglaterra no Brasão do Canadá e no Estandarte Pessoal Canadense da Rainha. O brasão dos três leões continuam a representar a Inglaterra em várias moedas e forma a base para vários emblemas de equipes esportivas, permanecendo como um dos símbolos nacionais da Inglaterra. Quando as Armas Reais estão no formado de bandeira heráldica, é conhecida como Bandeira Real da Inglaterra, Bandeira das Armas Reais, Bandeira do Rei da Inglaterra ou Estandarte Real da Inglaterra. Essa bandeira é diferente da bandeira nacional da Inglaterra, a Cruz de São Jorge, em que não representa nenhuma área ou pessoa específica, mas simboliza a soberania colocada nos governantes da mesma. 
xsd:nonNegativeInteger 153 
xsd:integer 110 
Real Brasão de Armas da Inglaterra 
Estandarte Real da Inglaterra 
Royal Coat of Arms of England .svg 
Royal Banner of England.svg 
xsd:integer 1398771 
xsd:nonNegativeInteger 23817 
xsd:integer 43489108 

data from the linked data cloud