Arábia Pétrea

http://pt.dbpedia.org/resource/Arábia_Pétrea

Arábia Pétrea (em latim: Arabia Petraea, Provincia Arabia ou simplesmente Arabia) era uma província fronteiriça do Império Romano, incorporada no início do século II.Correspondia ao território do antigo Reino Nabateu, o sul do Levante, a península do Sinai e o noroeste da península Arábica. Sua capital era Petra e era limitada, ao norte, pela Síria, a oeste, pela Judeia (que foi fundida na Síria em 135 para formar a Síria Palestina) e o Egito; ao sul e a leste, pela Arabia Deserta e pela Arábia Feliz.
Arábia Pétrea 
Bostra e Petra 
Provinciaromana-ArabiaPetrea-pt.svg 
Decápolis 
Reino Nabateu 
Gassânidas 
Califado Rashidun 
Palestina Salutar 
Arábia Pétrea 
Ásia 
Província da Arábia Pétrea 
Incorporada na Palestina Salutar 
Conquista do Reino Nabateu 
Black flag.svg 
Província romana da Arábia Pétrea por volta de 117. 
– 
Império Romano e Império Bizantino 
xsd:integer 636 
xsd:integer 390 
xsd:integer 106 
Arábia Pétrea (em latim: Arabia Petraea, Provincia Arabia ou simplesmente Arabia) era uma província fronteiriça do Império Romano, incorporada no início do século II. Correspondia ao território do antigo Reino Nabateu, o sul do Levante, a península do Sinai e o noroeste da península Arábica. Sua capital era Petra e era limitada, ao norte, pela Síria, a oeste, pela Judeia (que foi fundida na Síria em 135 para formar a Síria Palestina) e o Egito; ao sul e a leste, pela Arabia Deserta e pela Arábia Feliz. A região foi anexada pelo imperador Trajano, como muitas outras províncias na fronteiras orientais, mas continuou depois que ele morreu, ao contrário da Armênia, Mesopotâmia e Assíria. A fronteira que ela defendia era conhecida como Limes Arabicus e a região se mostrou muito tranquila, sem produzir nenhum usurpador ou imperador (Filipe, embora fosse de fato árabe, nasceu em Chahba, uma cidade síria anexada à província da Arábia em algum momento entre 193 e 225 - ele nasceu em 204). Como província de fronteira, ela incluía um deserto ocupado pelos sarracenos, um povo nômade, e estava ao lado da região interior do Império Parta. Embora sujeita a eventuais ataques e dificuldades provocadas pelos raides partas e palmirenses, a situação ali não se compara com as frequentes invasões enfrentadas por outras províncias de fronteira romanas, como as da Germânia e do norte da África, e nem uma presença cultural profundamente enraizada, fator determinante em diversas outras províncias orientais mais helenizadas. 
xsd:nonNegativeInteger 105 
xsd:integer 220867 
xsd:nonNegativeInteger 11679 
xsd:integer 44669235 

data from the linked data cloud