Anarquismo coletivista

http://pt.dbpedia.org/resource/Anarquismo_coletivista

O anarquismo coletivista ou anarcocoletivismo é uma das vertentes clássicas do anarquismo. Trata-se de uma corrente de pensamento econômica anarquista, que defende a abolição tanto do Estado como da propriedade privada dos meios de produção.
Anarquismo coletivista 
O anarquismo coletivista ou anarcocoletivismo é uma das vertentes clássicas do anarquismo. Trata-se de uma corrente de pensamento econômica anarquista, que defende a abolição tanto do Estado como da propriedade privada dos meios de produção. A propriedade dos meios de produção, distribuição e troca devem ser socializadas, administradas coletivamente pelos próprios trabalhadores reunidos em pequenas associações por afinidade onde cada um deles produz segundo a sua vontade (ou segundo o acordado) e cada um deve receber o produto íntegro de seu trabalho segundo seu mérito particular. Estas associações a sua vez estariam confederadas através do principio federativo. No entanto este sistema federal deve buscar, segundo os coletivistas, respeitar e mesmo ampliar a autonomia das associações que autogestionam os meios de produção. Uma vez que a coletivização acontece, o dinheiro seria abolido para ser substituído por notas de trabalho ou créditos e os salários dos trabalhadores "seria determinado em organizações democráticas baseadas na dificuldade do trabalho e da quantidade de tempo que contribuiu para a produção. Estes salários seriam usados para comprar bens em um mercado comum. Isto contrasta com o anarcocomunismo onde os salários seriam abolidos, e os indivíduos pegariam livremente as mercadorias para as suas necessidades em um depósito de mercadorias, "cada um segundo a sua necessidade". Assim, o "anarquismo coletivista" de Bakunin, apesar do título, é visto como uma mistura de individualismo e coletivismo. 
xsd:integer 1791287 
xsd:integer 39176654 
xsd:nonNegativeInteger 26 
xsd:nonNegativeInteger 4167 

data from the linked data cloud