Anarcocapitalismo

http://pt.dbpedia.org/resource/Anarcocapitalismo an entity of type: Concept

O Anarcocapitalismo, por vezes designado por libertarismo anarquista, ou anarquismo de propriedade privada ou ainda anarquismo de livre mercado, é uma versão radical do liberalismo clássico e anarquismo individualista. Tem como postulado que as formas de governo, principalmente as concepções estatais, são prejudiciais e desnecessárias, especialmente instituições estatais relacionadas a funções jurídicas e de segurança. Defende a eliminação do estado em favor da soberania individual em um livre mercado. O economista Murray Rothbard é creditado por ter cunhado o termo.
Anarcocapitalismo 
O Anarcocapitalismo, por vezes designado por libertarismo anarquista, ou anarquismo de propriedade privada ou ainda anarquismo de livre mercado, é uma versão radical do liberalismo clássico e anarquismo individualista. Tem como postulado que as formas de governo, principalmente as concepções estatais, são prejudiciais e desnecessárias, especialmente instituições estatais relacionadas a funções jurídicas e de segurança. Defende a eliminação do estado em favor da soberania individual em um livre mercado. O economista Murray Rothbard é creditado por ter cunhado o termo. Em uma sociedade anarco-capitalista a aplicação da lei, os tribunais e todos os outros serviços de segurança seriam fornecidos por agências de defesa privadas, ao invés da cobrança coercitiva de impostos. O dinheiro seria privado e conseguido competitivamente através do mercado. De acordo com os anarcocapitalistas as atividades pessoais e econômicas seriam reguladas pelas leis naturais do mercado e através do Direito Privado ao invés de ser através da política.Anarcocapitalistas vêem o capitalismo de livre mercado como a base para uma livre e próspera sociedade. Murray Rothbard disse que a diferença entre o capitalismo de livre mercado e o "capitalismo de estado" é a diferença entre "trocas voluntárias e pacíficas" e uma parceria de conluio entre empresas e governo que usa a coerção para subverter o livre mercado. Capitalismo, como usado pelos anarcocapitalistas, não deve ser confundido com o capitalismo monopolista de estado, capitalismo de compadrio, corporativismo ou economias mistas contemporâneas, em que os incentivos de mercado naturais e desincentivos são distorcidas por intervenção do Estado. Assim, eles rejeitam o estado, com base na afirmação de que os estados são entidades agressivas que roubam a propriedade (através da tributação e expropriação), iniciam a agressão, formam um monopólio compulsório sobre o uso da força, usam seus poderes coercitivos para beneficiar algumas empresas e indivíduos em detrimento de outros, criam monopólios, restringem o comércio e restringem as liberdades pessoais via leis, no ensino obrigatório, no serviço militar obrigatório, com leis sobre alimentos e moralidade, e semelhantes.[carece de fontes] De tal visão apresentada, anarcocapitalistas defendem uma sociedade baseada no comércio voluntário de propriedade privada e serviços (incluindo o dinheiro, os bens de consumo, a terra e os bens de capital), a fim de maximizar a liberdade individual e a prosperidade. Também reconhecem caridade e arranjos comunais como parte da mesma ética voluntário. Embora anarcocapitalistas são conhecidos por afirmar o direito de propriedade privada (não-pública individualizada ou conjunta), alguns propõem que uma propriedade pública não-estatal ou propriedade da comunidade também podem existir em uma sociedade anarcocapitalista. O essencial é que a propriedade seja adquirida e transferida sem a ajuda ou impedimento do estado. Libertários anarcocapitalistas acreditam que a única maneira justa e/ou economicamente mais benéfica para adquirir propriedade são através do comércio voluntário, de se presentear ou de apropriação original baseada no trabalho, em vez do uso de agressão ou fraude. Os defensores do anarcocapitalismo concebem a sua filosofia política enquanto parte da tradição anarquista, no entanto, diferente de outras vertentes anarquistas, e na perspectiva de muitas destas, os anarcocapitalistas negam a maioria das possíveis formas de dominação existentes no capitalismo e no chamado livre mercado, acreditam que todas as explorações e injustiças são criadas pelo Estado que beneficia seus favoritos. 
xsd:nonNegativeInteger 64 
xsd:integer 229 
xsd:nonNegativeInteger 23185 
xsd:integer 44968414 

data from the linked data cloud