Alfabeto cirílico

http://pt.dbpedia.org/resource/Alfabeto_cirílico

O alfabeto cirílico (em búlgaro e macedônio: кирилица; em russo: кириллица; em ucraniano: кирилиця; em bielorrusso: Кірыліца; em ruteno: кырилиця; em sérvio: ћирилица), também conhecido como azbuka, é um alfabeto cujas variantes são utilizadas para a grafia de seis línguas nacionais eslavas (bielorrusso, búlgaro, macedônio, russo, sérvio e ucraniano), além do ruteno, e outras línguas extintas. Para além disso, é usado por várias línguas não eslavas faladas na antiga União Soviética — como o mongol, o cazaque, o uzbeque, o quirguiz e o tadjique, entre outras da Europa Oriental, do Cáucaso e da Sibéria.
Alfabeto cirílico 
Alfabeto cirílico 
O alfabeto cirílico (em búlgaro e macedônio: кирилица; em russo: кириллица; em ucraniano: кирилиця; em bielorrusso: Кірыліца; em ruteno: кырилиця; em sérvio: ћирилица), também conhecido como azbuka, é um alfabeto cujas variantes são utilizadas para a grafia de seis línguas nacionais eslavas (bielorrusso, búlgaro, macedônio, russo, sérvio e ucraniano), além do ruteno, e outras línguas extintas. Para além disso, é usado por várias línguas não eslavas faladas na antiga União Soviética — como o mongol, o cazaque, o uzbeque, o quirguiz e o tadjique, entre outras da Europa Oriental, do Cáucaso e da Sibéria. Com a entrada da Bulgária na União Europeia (UE), em 1.º de janeiro de 2007, o cirílico tornou-se, ao lado do latino e do grego, o terceiro alfabeto oficial da UE. 
xsd:nonNegativeInteger 288 
xsd:integer 13781 
xsd:nonNegativeInteger 18209 
xsd:integer 44295137 

data from the linked data cloud