Acoplamento de maré

http://pt.dbpedia.org/resource/Acoplamento_de_maré

O acoplamento de maré ocorre quando o gradiente gravitacional faz com que um lado de um corpo celeste esteja sempre voltado para outro corpo celeste, um efeito conhecido como rotação síncrona. Por exemplo, o mesmo lado da Lua está sempre voltado para a Terra. Um corpo com acoplamento de maré leva para girar em torno do seu eixo o mesmo tempo em que ele gira em torno do seu companheiro. Geralmente, em um dado momento, apenas o satélite está acoplado em torno do corpo maior, porque este é o primeiro estágio que acontece e é necessário muito mais tempo para acoplar o corpo mais pesado ao seu companheiro. Entretanto, com tempo suficiente, cada um dos corpos ao final poderá estar acoplado ao outro por maré. Isto ocorrerá mais rápido quando a diferença de massas entre os dois corpos e sua separa
Acoplamento de maré 
O acoplamento de maré ocorre quando o gradiente gravitacional faz com que um lado de um corpo celeste esteja sempre voltado para outro corpo celeste, um efeito conhecido como rotação síncrona. Por exemplo, o mesmo lado da Lua está sempre voltado para a Terra. Um corpo com acoplamento de maré leva para girar em torno do seu eixo o mesmo tempo em que ele gira em torno do seu companheiro. Geralmente, em um dado momento, apenas o satélite está acoplado em torno do corpo maior, porque este é o primeiro estágio que acontece e é necessário muito mais tempo para acoplar o corpo mais pesado ao seu companheiro. Entretanto, com tempo suficiente, cada um dos corpos ao final poderá estar acoplado ao outro por maré. Isto ocorrerá mais rápido quando a diferença de massas entre os dois corpos e sua separação física forem pequenas; esta é provavelmente a razão pela qual isto já acontece com Plutão e sua lua Caronte. Este efeito é utilizado para estabilizar alguns satélites artificiais. 
xsd:nonNegativeInteger 124 
xsd:integer 2019221 
xsd:nonNegativeInteger 21431 
xsd:integer 44326384 

data from the linked data cloud