A23 (autoestrada)

http://pt.dbpedia.org/resource/A23_(autoestrada)

A - Auto-Estrada da Beira Interior é uma auto-estrada portuguesa.Atravessa os distritos da Guarda, Castelo Branco, Portalegre e Santarém, ligando Torres Novas (A 1) à Guarda (A 25). Com uma extensão de 217 km, é a 4ª maior auto-estrada do país e é considerada estruturante na rede rodoviária portuguesa, porque se constitui como a mais rápida ligação à fronteira de Vilar Formoso a partir da capital Lisboa.Um trajecto entre Torres Novas e a Guarda tem os seguintes custos para cada classe de veiculo:Classe 1 - 16,75 €Classe 2 - 29,35 €Classe 3 - 37,85 €Classe 4 - 42,10 €
A23 (autoestrada) 
xsd:integer 217 
A 23 
Scutvias; Estradas de Portugal 
Auto-Estrada da Beira Interior 
ex-SCUT; Portagens eletronicas 
A - Auto-Estrada da Beira Interior é uma auto-estrada portuguesa. Atravessa os distritos da Guarda, Castelo Branco, Portalegre e Santarém, ligando Torres Novas (A 1) à Guarda (A 25). Com uma extensão de 217 km, é a 4ª maior auto-estrada do país e é considerada estruturante na rede rodoviária portuguesa, porque se constitui como a mais rápida ligação à fronteira de Vilar Formoso a partir da capital Lisboa. Concluída em 27-07-2003, a sua construção aproveitou os troços anteriormente construídos em perfil de auto-estrada dos itinerários principais IP 6 (entre Torres Novas e Abrantes) e IP 2 (entre Alcains e o Fundão). O trajecto desta auto-estrada é pautado por paisagens bastante interessantes e, em certos pontos, alguma sinuosidade, com longas subidas e descidas. Está concessionada à operadora Scutvias em grande parte do percurso (entre Abrantes e a Guarda). Os restantes quilómetros, entre Torres Novas e Abrantes, encontram-se sob a tutela da Estradas de Portugal, sendo este o troço mais sinuoso de toda a auto-estrada (destaca-se a curva acentuada junto ao nó de Rio de Moinhos), em virtude de ser também o mais antigo, classificado originalmente como sendo uma via rápida. Desde 8 de Dezembro de 2011 que a circulação na A 23 é taxada com portagens exclusivamente electrónicas.A Comissão de Utentes da A 23 – Auto-Estrada da Beira Interior, com sede na Covilhã, e que agrupa utentes dos distritos por onde passa a A 23, manifesta-se de forma contrária à introdução de portagens nas auto-estradas SCUT, pois defende que "as razões (de coesão nacional) que levaram no passado, a criar no interior uma auto-estrada sem portagens, continuam a justificar-se plenamente no presente e no futuro" Um trajecto entre Torres Novas e a Guarda tem os seguintes custos para cada classe de veiculo: Classe 1 - 16,75 € Classe 2 - 29,35 € Classe 3 - 37,85 € Classe 4 - 42,10 € Valores em vigor desde 1 de Janeiro de 2013. Para pagar estas portagens foi criada mais uma PPP Portvias que com este serviço cobra uma parte substâncial do valor das portagens. Traçado da A 23 no Google Maps 
xsd:nonNegativeInteger 272 
xsd:integer 103461 
xsd:nonNegativeInteger 15196 
xsd:integer 43176750 

data from the linked data cloud